https://www.wheredidshegothistime.com
top of page

    About    
Sobre

   (EN)   The trip I remember as the first I've made was to Galicia, Northern Spain. A 15-year-old girl on an easy and short family road trip. It was also that Summer that I found out how much I loved camping and being surrounded by nature.

    When finishing high school some friends and I decided to escape the trend and instead of spending our bachelor trip in a city where we would be with 80% of our hometown  neighbours - we planned ​our own Interrail.

  ("Interrail?!" - an international rail pass which permits unlimited travel through most European countries via train - awesome, right?!)

   Since then, even after almost killing each other through 22 days (six 17/18-year-old girls = way too many confused X chromosomes together), we still decided to make a trip every year... They were adventures I'll never forget. This first trip together made me fall in love with photography.

   At some point - and out of nowhere- we actually grew up, checked uni out of the to-do list, and I moved to Brazil for a couple of years.The word to describe these 633 days can only be one: love. That lost paradise became my home.  If you haven't been there, you should go (and if you think you wouldn't like it, you should ignore that 

3c.jpg

voice in your head and buy those tickets anyway!) Brazil is just magic. The only thing that made me leave was this hunger for more.

  For the following couple of years I explored Europe, saved some money around England and Germany and spent it on flight/bus/train tickets and petrol. By the end of 2016 life drove me to Iceland - that's where this blog started and where I lived for 16 months. Those landscapes will give you goose bumps every turn you take.

    From November 2018 to March 2019 I've hopped on dozen of trains, buses, boats and few flights while exploring Southeast Asia. It was the most incredible trip ever! Started in Russia and went all the way East and then all the way South, finishing in the Philippines.

    After few months I ended up going back to that side of the world, but to the land down under this time - and that's where I've been escaping the chaos our world was/is living, in sweet Australia. I'm on van-life mode since 2020 and I'm just loving it.
   Our planet is wonderful and I want to show you the amazing things I'm seeing along the way. All pictures and stories come through my sight, heart and soul. And everything around here has a touch of Sinatra.

airplane.jpg

    (PT)   A viagem que me recordo como primeira foi à Galiza, norte de Espanha. Tinha eu 15 anos e foi uma viagem de carro curta e fácil. Foi também nesse mesmo Verão que descobri o quanto amo acampar e estar rodeada por natureza.

    No fim do 12º ano, eu e umas amigas decidimos escapar à típica viagem de finalistas onde encontraríamos 80% dos nossos vizinhos diariamente e planeámos o nosso próprio Interrail.

    ("Interrail?!" - um passe internacional que permite viajar para a maioria dos países Europeus de comboio - incrível, não?!)

    Desde então, mesmo depois de quase nos matarmos ao fim de 22 dias (seis raparigas de 17/18 anos = demasiados cromossomas X juntos), decidimos fazer pelo menos uma viagem juntas todos os anos. Vivemos aventuras que nunca me esquecerei. Foi essa primeira viagem com elas que me fez apaixonar por fotografia.

    A dada altura - e do nada - crescemos, riscámos a universidade da lista de afazeres e eu mudei-me para o Brasil por quase dois anos. Só consigo descrever estes 633 dias com uma única palavra: amor. Aquele paraíso perdido tornou-se a minha casa. Se ainda não foste, deves ir (e se achas que não vais gostar, deves ignorar essa voz na tua cabeça e comprar esses bilhetes!) O Brasil é simplesmente mágico. A única coisa que me fez sair de lá foi esta sede por mais.

    Passei os dois anos seguintes a explorar a Europa - a juntar dinheiro por Inglaterra e Alemanha e a gastá-lo em bilhetes de avião/autocarro/ comboio e em combustível. No fim de 2016 a vida levou-me à Islândia - é lá que este blog começa e onde vivi durante 16 meses. Aquelas paisagens põem-te em pele de galinha a cada esquina que viras.

    De Novembro de 2018 a Março de 2019 apanhei dezenas de comboios, autocarros, barcos e uns poucos aviões enquanto explorei o Sudoeste Asiático. Foi a viagem mais mágica de sempre. Comecei na Rússia e segui rumo ao Este e depois tudo a sul, acabando nas Filipinas.

    Poucos meses depois acabei por voltar a este lado do mundo mas desta vez parei pela Austrália - e é aqui que tenho escapado à loucura que o mundo estava/está a viver! Estou em modo vida-de-van desde o início de 2020 e estou a adorar!
    O nosso planeta é maravilhoso e eu quero partilhar contigo alguns dos lugares espetaculares que vi. Todas as fotografias e estórias passam pelo meu olhar, pelo meu coração e pela minha alma. E tudo por aqui tem um toque de Sinatra.

www-mapchart-net.png
2g.jpg
bottom of page